Saint Seiya Spirit
Cadastre-se agora e fique por dentro de todas as novidades do mundo Saint Seiya, a famosa série que conquistou inúmeros fãs pelo mundo. Aproveite e integre a família Spirit, comentando, participando de sorteios, torneios de fotos e muitas atividades que contribuirão para deixar o espírito de SS sempre vivo!

Have you ever felt your cosmo?

[Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Fec em Seg 16 Mar 2009, 17:06

Trago ao Saint Seiya Spirit a minha fan-fic... espero que gostem. Já tenho muita coisa feita, quem já acompanhou sabe, e portanto, se o pessoal for gostando irei postando aqui com frequência.



CAPÍTULO I * Seiya e a Batalha Contra o Ócio.


Santuário, Grécia:


Após uma árdua batalha envolvendo a elite da guarda de Athena, os doze cavaleiros de ouro, contra os cinco guerreiros de bronze, o Santuário vive um momento de paz. Saori, finalmente reconhecida como a Deusa Athena, governa o Santuário e se concentra apenas em acompanhar a recuperação de seus cinco defensores mais fiéis. Mesmo não estando totalmente recuperados, Seiya e os outros já estão em condições de levar uma rotina comum, privadas de batalhas, claro.

No salão do Grande Mestre, há uma área ao lado direito do trono, uma outra sala que tem uma grande quantidade de estantes contendo um acervo de livros muito grande. Saori voltava de sua caminhada pelos arredores do Santuário, retornando para seus aposentos e, quando passava justamente por pelo salão, avista uma movimentação nesta outra sala.

Saori pensa: “Mas quem está consultando o acervo histórico do Santuário?”.

Quando decide ir até lá, consegue ver a pessoa, e seu semblante fica sereno, com um leve sorriso labial. Em seguida se dirige até seus aposentos, com um novo pensamento: “Seiya, Seiya, sempre com surpresas, agora deu para ler histórias antigas. Só espero que tenha cuidado com documentos tão valiosos.”.

Na sala do acervo, Seiya fuça todas as estantes tentando achar alguma leitura que faça o tempo passar.

- Kiki, já achou alguma coisa que tenha umas gravuras ou fotos, pelo menos?
- Seiya, você acha mesmo que a fotografia foi inventada a mais de duzentos anos atrás?

Responde com uma expressão desolada no rosto o pequeno lemuriano, que acompanha Seiya nesta batalha contra o ócio.

- Não ter fotos tá tudo bem, mas será que o Saga não fazia uma faxina de vez em quando aqui não? Estes livros estão cheios de poeira! Mal consigo respirar perto deles.
- Então dê uma olhada nestes aqui em baixo, parecem menos empoeirados que os que você achou aí.

Seiya vai até a estante que Kiki observa se agachando para poder fitar com os olhos os livros. Após alguns segundos olhando para eles, Seiya fecha os olhos e puxa um livro qualquer.

- O que é isso Seiya? Por acaso usou seu cosmo para escolher o livro?
- Na verdade Kiki, não sabia qual escolher e resolvi deixar a sorte decidir.

Kiki aparenta não estar preparado para presenciar mais uma ação mediúnica de Seiya, mas resolve dar um voto de confiança a seu amigo. Na seqüência, os dois se dirigem até uma pequena mesa e se acomodam em duas cadeiras bem antigas e desgastadas para examinar o livro.

- O que trata este livro, Seiya?
- Pera aí, que eu to lendo aqui... Hum... É uma espécie de registro de uma batalha. Parece que o mestre Ares registrou todos os fatos acontecidos durante algum momento de ameaça ao Santuário. É um livro que conta uma história, porém uma história real.
- Que legal! Procura um prefácio pra nos adiantar de que a batalha se trata!
- Prefácio? Quem é Prefácio?

Kiki conta até dez e responde:

- Esquece, vamos ler logo que estou curioso pra saber que história é essa.

Antes dos fatos em si, havia uma pequena explicação no início do livro, e a esta altura os dois estavam concentrados na leitura, ávidos por descobrir o que estava registrado naquele livro.
Hefesto - filho de Hera e de Zeus, era o deus grego do fogo, dos metais e da metalurgia. Era conhecido como o ferreiro divino.”

Uma “nova aventura antiga” está por vir, será que Seiya irá finalizar a leitura? E Kiki, até quando irá suportar as sacadas geniais de Seiya? Aguardem...



---------fim do cap I----------



CAPÍTULO II * Hefesto, o Deus do Fogo.


Sala do Acervo, Santuário:


- Hefesto, Deus do fogo? Já gostei só pelo início, aposto que o Hyoga não iria gostar muito... Hein Kiki.

Seiya fica rindo de sua própria piada, enquanto Kiki esboça um sorriso amarelo para não deixa-lo sem graça. E logo em seguida retoma a leitura:

“Hefesto forjou muitos dos magníficos equipamentos dos deuses, como: Elmo alado e as sandálias de Hermes, o arco e as flechas de Eros, dentre outras. Diz à lenda que Hefesto forjou as armaduras dos Deuses, e a partir destas foram feitas todas as outras usadas pelos seguidores de cada Deus”.

- Será que até as armaduras dos cavaleiros surgiram desse Deus, Seiya?
- Não sei, mas estou cada vez mais interessado em descobrir o que será que aconteceu, para haver um registro desses aqui no Santuário.

Responde o cavaleiro, agora com um tom de maior seriedade.


Santuário, Grécia (cinco anos atrás):


- Mestre Ares! Mestre! Um dos informantes do Santuário está aqui e deseja muito lhe falar algo.
- Ele disse do que se trata?
- Não, mas está bastante nervoso!
- Então o mande entrar de uma vez...

Responde o Mestre, em um tom arrogante e ao mesmo tempo tranqüilo. Ares se acomoda em seu trono e o informante entra no salão logo após:

- Mestre, perdoe minha afobação em ser anunciado, mas é de extrema importância que o senhor fique a par dos fatos.
- Vá direto ao ponto e deixe de mais delongas...
- Está certo, sou o informante da ilha de Lemnos e parece que o selo sagrado foi destruído!
- Lemnos? Hum então o Deus do fogo ressurgirá nos dias atuais... Mais cedo ou mais tarde iria acontecer de qualquer maneira. E mais alguma informação?
- Apenas alguns servos de Hefesto que já fazem algumas movimentações na ilha, parecem estar preparando o local para que possíveis inimigos não tenham acesso ao templo. Em que mais posso lhe servir meu Mestre?
- Já fez o bastante, agora saia e me deixe pensar sobre o que acabou de me dizer.

Ares está pensativo, imaginando que ele tem de deter esse inimigo, pois se trata de uma dupla ameaça. Tanto para o Santuário quanto para o seu plano diabólico de dominar o mundo: “Preciso tomar uma atitude que não deixe escapar a minha real intenção e que ao mesmo tempo não demonstre fraqueza, pois ainda não tenho a confiança de todos os cavaleiros, principalmente dos outros dourados”.

O mestre sai de seu aposento e se dirige aos locais de treinamento, onde pretende observar quais cavaleiros ele poderá convocar para esta batalha que está a surgir. Seria mais fácil ordenar que alguns cavaleiros de ouro tomassem a frente de batalha, mas Ares sabe bem como jogar esse jogo de influências e de confiança.


Dias atuais:


- Quem será que o Mestre recrutou para a batalha? Vira a página logo Seiya!
- Kiki, eu ainda nem cheguei nessa parte, você ta lendo rápido demais! Calma que eu to quase lá...

Quanto mais se aprofundam na leitura, mais os dois ficam compenetrados na história. Nada os distrairiam neste momento. Afinal de contas, quem serão os cavaleiros escolhidos pelo Mestre para tal missão? O que irá acontecer e o que poderá dar rumos diferentes a esta saga? Não percam...


Última edição por Fec em Sex 27 Mar 2009, 14:57, editado 1 vez(es)
avatar
Fec
Soldado do Santuário
Soldado do Santuário

Número de Mensagens : 20
Conduta Anti-Athena :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 20/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Fec em Seg 16 Mar 2009, 17:18

# Info do autor:

ILHA DE LEMNOS: Após ser expulso do Olimpo, Hefesto caiu durante 9 dias e 9 noites até a ilha de Lemnos (é uma ilha grega localizada na parte norte do Mar Egeu), onde se tornou um grande artesão.

HISTÓRIA: Pretendo contar a história como se eles estivessem lendo o livro, mas os “flashbacks” não são somente os fatos e sim uma narração do evento. Gostaria de deixar claro, caso haja dúvidas, que nem tudo que é contado está no livro. Diálogos, pensamentos e etc., por exemplo.
avatar
Fec
Soldado do Santuário
Soldado do Santuário

Número de Mensagens : 20
Conduta Anti-Athena :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 20/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Isaak em Seg 16 Mar 2009, 20:13

Nossa, trazer uma fan-fic dessa qualidade é uma grande honra para o Saint Seiya Spirit! Very Happy

Muito bom mesmo, vou reler todos os capítulos que você postar e acompanhar o desenrolar dos novos. cheers

Falou!
avatar
Isaak
Cavaleiro de Bronze 3
Cavaleiro de Bronze  3

Masculino Aquário
Número de Mensagens : 186
Data de nascimento : 21/01/1996
Idade : 21
Localização : Manaus - AM
Emprego/lazer : Estudante, Designer Gráfico
Conduta Anti-Athena :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 14/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Fec em Ter 17 Mar 2009, 19:15

Isaak escreveu:Nossa, trazer uma fan-fic dessa qualidade é uma grande honra para o Saint Seiya Spirit! Very Happy

Muito bom mesmo, vou reler todos os capítulos que você postar e acompanhar o desenrolar dos novos. cheers

Falou!

Valeu Isaak, mas não exagera Very Happy hehehe... sem essa de honra e etc, o importante é agente se divertir lendo ou escrevendo What a Face

Também acompanharei sua fic, certamente... Abraço!!! cheers
avatar
Fec
Soldado do Santuário
Soldado do Santuário

Número de Mensagens : 20
Conduta Anti-Athena :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 20/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Fec em Sex 27 Mar 2009, 14:55

CAPÍTULO III * Reunião.


Santuário, Grécia (cinco anos atrás):


Chegando ao local, havia pelo menos duzentos soldados do Santuário em treinamento e alguns jovens que estavam ali para se tornarem cavaleiros. A presença do Mestre Ares fez com que todos ficassem apreensivos, afinal ele nunca tinha acompanhado treinamentos antes. O fato é que Ares era mais temido do que respeitado pelos soldados rasos, sua fama de turrão era de conhecimento de todos.

O Mestre se dirigiu ao centro do local e pensou: “Não posso usar os cavaleiros de ouro, por uma questão de diplomacia, preciso primeiro ganhar influência sobre eles. Não acredito que os cavaleiros de bronze sejam capazes de dar cabo do problema sozinhos. Assim sendo, só me restam os cavaleiros de prata”.

- Cavaleiro, venha cá.

Neste momento, todos pararam o que faziam e fixaram toda a atenção no que o Mestre iria dizer ou fazer.

- Eu, Mestre?
- Exato, se aproxime... Preciso que você reúna outros três cavaleiros de prata e se dirijam a ilha de Lemnos.
- Lemnos? De acordo com a mitologia, foi lá que o Deus do fogo caiu quando expulso do Olimpo.
- Vejo que não preciso entrar em detalhes, Asterion. Faça o que lhe ordenei o quanto antes, é crucial que empeçamos o renascimento de Hefesto nos dias atuais.
- Eu, Asterion, cavaleiro da constelação de Cão de Caça irei fazer de tudo para que os interesses do Santuário sejam correspondidos, por Athena.

Ares não diz mais nada e simplesmente se retira do local em direção aos seus aposentos. Enquanto isso, Asterion começa a organizar a expedição rumo a Lemnos. Antes do chamado do Mestre, ele estava orientando o treinamento de vários soldados, e ali mesmo já selecionou o primeiro cavaleiro a unir-se a ele nesta missão.

- Capella, você ouviu o Mestre, preciso que me acompanhe.
- Claro, a rotina no Santuário já está me entediando mesmo.
- Não temos tempo a perder, devemos partir ainda hoje. Eu irei procurar por outro cavaleiro, enquanto isso você faça o mesmo para fecharmos o grupo. Te espero na saída do Santuário.

Algum tempo depois, Asterion se dirige até a saída, e de longe já avista Capella e mais um outro cavaleiro. Chegando mais perto...

- Capella, vejo que você foi MUITO rápido, de certo não encontrou mais ninguém além dele.
- Na verdade ele se ofereceu para vir conosco.
- Jamian, o que deu em você?
- Se acalme Asterion. Você precisa ser menos arrogante, se acha que irá conseguir fazer tudo sozinho, está muito enganado, eu irei-

Asterion lê a mente de Jamian:

- Não me faça rir Jamian, nem pense que irei precisar da sua ajuda em uma batalha, não preciso que você me salve, hahahaha!

E segue lendo mentes:

- Não se preocupe Noah, a missão é mais importante que essa discussão. Vamos logo de uma vez.

Assim os quatro partem para a ilha de Lemnos, o tempo corre contra eles.



Dias atuais:


- Seiya, você lutou contra o Jamian e contra o Asterion, quantas recordações...
- Sim, foram muitas batalhas até hoje, é uma pena que tantos cavaleiros de prata tenham morrido sem saber que estavam lutando contra a própria Athena.

Após esse momento de reflexão, ambos voltam os olhos para as escritas do livro. Quais perigos aguardam os quatro cavaleiros? Descubra no próximo capítulo...



---------fim do cap III---------



CAPÍTULO IV * Derramamento de Sangue.


Dias atuais:


- Finalmente eles chegaram a ilha de LemEnos, Kiki. Certeza que na próxima página já teremos uma luta!
- Não Seria ilha de Lemnos?
- Ué!? Foi o que eu disse, Lemnos. Você precisa prestar mais atenção hein.

A esta altura dos fatos, Kiki já não esboça mais reação qualquer as manifestações de Seiya.


Ilha de Lemnos (cinco anos atrás):


Finalmente os quatro cavaleiros chegam a ilha, pouco habitada e com um grande conjunto de montanhas na região central, sendo que um existe um vale situado exatamente no centro da ilha. As montanhas formam uma espécie de círculo em torno deste vale.

- Não sabemos exatamente onde os soldados de Hefesto estão, e provavelmente o templo dele fica no vale dentro deste complexo montanhoso. Acredito que a defesa preparada pelos soldados esteja afastada das montanhas, protegendo o perímetro e evitando que uma ofensiva chegue rapidamente ao templo.

Todos escutam as palavras de Asterion, que transmite uma grande confiança em seu discurso, nitidamente os outros três respeitam o senso estratégico dele.

- Nos dividindo, iremos cobrir o perímetro mais rapidamente, porém a chance de sucesso sozinho seria pequena. O melhor é irmos juntos, mesmo que leve mais tempo, é mais seguro.
- Vamos logo de uma vez! Não vejo a hora de derrotar esse inimigo, hihiehahaha!
- Jamian, controle-se. Não vá achando que será fácil, não duvide do nosso inimigo.

Indaga Noah, demonstrando uma grande concentração para a batalha. Os quatro começam a avançar floresta adentro, por sorte existem trilhas que facilitam a movimentação, mas a vegetação ao redor é densa e quem estiver na trilha poderá ser uma presa fácil de uma emboscada.
Após meia hora de caminhada:

- Desde a costa onde desembarcamos até aqui, já percorremos metade do caminho até o pé da montanha, está tudo estranhamente fácil até aqui.
- Concordo Capella. Minha intuição diz que estamos caminhando exatamente para onde o inimigo deseja.
- Noah, sua intuição está apurada, estou fazendo uma leitura mental, mas não consigo “ouvir” exatamente o que é...
- Deu interferência no sinal, Asterion?
- Não é isso Jamian, antes fosse. Na verdade são muitos pensamentos juntos para conseguir distinguir! Eu acho que- CUIDADO!!

Saem das matas, dos dois lados, várias dezenas de servos de Hefesto, cada cavaleiro foi abordado por pelo menos quinze soldados.

- Malditos! De onde surgiram... Ataque de Discos!

Os discos de Capella dão conta de pelo menos dez soldados, mas não paravam de surgir mais e mais soldados.

- Ataque de Um Milhão de Fantasmas! Morram insetos!
- Não podemos perder mais tempo! Presas de Chara!
- Corram o máximo que puderem, eu vou segura-los aqui. Andem!!!

Após a decisão de Capella, os outros três se esquivam dos inimigos e correm em direção ao pé da montanha. O cavaleiro, agora sozinho, começa uma verdadeira carnificina, seus discos voam freneticamente deixando um mar de sangue e pedaços de corpos para todos os lados. A quantidade de inimigos diminuiu drasticamente, apenas alguns restaram e agora hesitam em atacá-lo.
De repente, uma voz ecoa vindo da mata:

- Saiam do caminho seus vermes! Eu já esperava por esse papelão, mas admito que seja mais fácil enfrentar um cavaleiro de cada vez. O plano de separá-los acabou funcionando.

Capella, que estava certo de sua vitória, agora franze a testa, esperando pelo novo inimigo certamente mais poderoso.

- Seja lá quem for, apareça de uma vez!
- Não se preocupe, não desejo que morra sem ao menos ver a face de seu algoz... Eu, Yato de Martelo lhe darei o descanso eterno!



Sala do Acervo, Santuário:


- Yato? Será que ele é poderoso?
- Não sei, mas deve ser muito amigo do guerreiro da armadura de prego, hahaha, entendeu Kiki?

Kiki ri da piada de Seiya, na esperança de que ele termine seu show de comédia o mais rápido possível...
Não perca no próximo capitulo a batalha entre o Cabeiri e o cavaleiro de Athena.
avatar
Fec
Soldado do Santuário
Soldado do Santuário

Número de Mensagens : 20
Conduta Anti-Athena :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 20/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Fan-fic] Saga de Hefesto, Deus do Fogo - Cap. 3 e 4 (27/3)!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum